Tá calor! Mês de setembro tem temperaturas recordes em todo o mundo

Não somos os únicos que enfrentam uma onda de calor. De acordo com o Serviço Copérnico contra a Mudança Climática da União Europeia (a sigla em inglês é ECMWF), o mês de setembro foi o mais quente já registrado na história desde 1981.

Globalmente, com 0,05ºC mais quente que ano passado e 0,08ºC que 2016, o calor do mês passado fez com que até a Sibéria registrasse temperaturas acima da média dos últimos anos. Segundo o relatório, que foi divulgado ontem, diversos países do Oriente Médio também registraram alta nos termômetros. Entre eles: Turquia, Israel e Jordânia.

“Israel experimentou seu setembro mais quente já registrado, e a intensidade e a duração da onda de calor de setembro na Jordânia foram excepcionais. Partes do Norte da África e do Tibete também tiveram temperaturas muito acima da média no mês”, diz o relatório. O Serviço Copérnico enfatizou ainda que as temperaturas deveriam estar amenas em virtude do fenômeno La Niña.

Nas Américas, o relatório deu destaque para o estado  norte-americano da Califórnia, onde as temperaturas registradas chegaram a máxima de  49ºC. Já na América do Sul, o relatório ressaltou recordes de temperatura no Brasil e no Paraguai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *